sábado, 18 de janeiro de 2014

HISTÓRIA DE JONAS EM EVA COM VISUAIS

HISTÓRIA DE JONAS-COM VISUAIS

Fiz o barco em que jonas estava com o gargalo da garrafa pet e na frente recortei um barco de E.V.A:






Depois fiz o peixe de E.V.A:




Fiz o Jonas (um boneco no palito) e coloquei por traz do peixe, para que desse a idéia de que o peixe engolia Jonas:





No final da aulinha foram entregues lembrancinhas para que as crianças levassem pra casa e pudessem contar a história para seu pais:






Espero que está lição seja de grande ajuda para você que visita nosso blog.


Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças; porque no Seol, para onde tu vais, não há obra, nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria alguma.
Ecl. 9:10

Recurso visual em EVA : História Bíblica Jonas

EXTRAÍDO DO BLOG DA EBI


Faça essa base em papelão ou papel mais grosso. Depois, cole EVA ou papel grosso marrom nas laterais...para prender o mastro, espete um palito para churrasco em uma bolinha de isopor e cole no fundo do navio com cola quente.







Com EVA ou papel colorido, faça os marinheiros e cole-os no navio. Use um pedaço de tecido para fazer a vela e cole-a no mastro do navio






HISTÓRIA PARA DATA SHOW - BOAS MANEIRAS NA CASA DE DEUS

HISTÓRIA PARA DATA SHOW


















DURANTE O PRIMEIRO TRIMESTRE 2011 TRABALHAMOS COM A TEMÁTICA "BOAS MANEIRAS NA CASA DE DEUS" NA ABERTURA DA ECOLA DOMINICAL COM AS CRIANÇAS. DIVIDIMOS OS SLIDES ACIMA EM 5 ETAPAS E A CADA DOMINGO CONTÁVAMOS UMA HISTÓRIA DANDO ÊNFASE A UM MEMBRO DO NOSSO CORPO.


HISTÓRIA EVANGELÍSTICA DA LUVA LULÚ

HISTÓRIA DA LUVA LULÚ










LUVA LULU 
Luva Lulu estava muito triste, pois não encontrava ninguém que a preenchesse. Ela era tão murchinha Tão murchinha! Resolveu então, pegar as malas e partir à procura de seu dono.
Ia Lulu muito ansiosa pelo caminho, quando avistou ao longe uma casa de fazenda. Pensou consigo:
Vou até lá para ver se encontro alguém que se pareça comigo. 

Já a caminho, veja só quem Lulu encontrou:
__ Que bom encontrar você, galinha, disse Lulu toda sorridente. 
__ Que você quer de mim? Nunca a vi antes, nem a conheço!
__ Quantos dedos você tem galinha?
__ Bom, deixe-me ver: um, dois, três... e mais um atrás.
__ Só quatro dedos! Hum, mesmo assim, não me custa tentar. Será que você poderia colocá-los em mim?
Apesar do esforço das duas, nada conseguiram. Assim, Lulu partiu tão triste e pensando consigo : Acho que nunca encontrarei meu dono.

Sempre olhando para a casa da fazenda, a luva Lulu prossegue sua viagem,quando de repente é atropelada por um porquinho que fugia.
__ Espere, seu porquinho, quero falar com você. É muito importante. Será que eu poderia dar uma olhada no seu pé? 
E o porquinho, meio encabulado, levantou o pé como a Luva pediu.
Lulu ficou tão decepcionada! O pé era grande e tinha duas unhas horríveis e sujas. Mas como Lulu não queria desistir, pediu que seu porco tentasse colocar o pé nela.
Sabem o que aconteceu? Lulu ficou toda suja de lama. O pé do porco não lhe serviu e ela partiu sem esperança.

Chegando bem perto da casa, adivinhe quem veio receber Lulu? Foi o guarda da fazenda, um cachorro grande e que metia muito medo.
__ Quem é você? Eu não posso deixar nenhum estranho entrar aqui. Vá embora, disse o cachorro.
Lulu quase nem podia falar de tanto medo: Quan... quantos a de... dedos você tem?
__ Dedos? Você está brincando comigo? Respondeu o cachorro.
__ Preciso de alguém com cinco dedos para preencher-me. Eu sou vazia e muito infeliz.
E o cachorro, que não era tão mau, ficou com tanta peninha de Lulu que tentou colocar os pés nela. Mas a
tentativa foi em vão __ o cachorro só tinha quatro dedos.

A última esperança de Lulu era que alguém da casa pudesse recebê-la. Corajosamente bateu à porta e bem quietinha ficou, esperando alguém aparecer.
Foi então, que Pedrinho abriu a porta e viu Lulu.
__ Oba! Ganhei uma luva! Serve exatamente em mim. Com esse frio era a única coisa que eu precisava.
Pedrinho lavou Lulu e não mais a tirou das mãos.
E ela toda feliz, pensou: “Até que enfim encontrei aquele que me preenchesse!”.
Somos como a Luva Lulu que precisava de alguém para preenchê-la.
Muitas vezes nos sentimos tristes, porque somos vazios por dentro. Procuramos fazer muitas coisas para
alegrar-nos, mas elas não nos preenchem. Continuamos murchinhos.
Assim como os pés da galinha, do porco e do cachorro não cabiam na Luva Lulu, também as muitas coisas que tentamos fazer não cabem dentro de nós.
Só há uma pessoa que pode preencher e alegrar você. Na verdade, você foi feito parecido com Ele, para que
Ele viesse morar em você. Essa pessoa é Deus.
A luvinha procurou alguém que a preenchesse, e achou. Se você buscar a Deus também O encontrará.
Se você O chamar Ele entrará no seu coração. Vamos chamá-Lo agora?
__ ó Senhor Jesus! Quero que você entre em mim.
Assim você nunca mais será vazio.


Chapéus e Máscaras de eva

















Fonte:http://pequenageracao.blogspot.com.br/

Baixar Grátis em PDF: Slide Como organizar manter e coordenar o Departamento Infantil

Olá querida visitante do blog, para baixar o Slide em pdf do livro: 
"Como organizar manter  e coordenar o  Departamento Infantil"
Você clica no link abaixo, depois clica na imagem de um disquete que aparecerá quando você colocar o mouse na parte inferior da página.
Se não conseguir eu mando por email: marcelaibmrm@yahoo.com.br



Para baixar Clique Aqui

Brincadeira para trabalhar a atenção da turma no Culto Infantil e EBD

Brincadeira para trabalhar a atenção da turma

Gostei da atividade abaixo. Muito válida quando a turma do culto está em polvorosa. Extraído do blog da irmã Sandra Martins (pedagogasandramartins)

Trabalhar a atenção é muito importante em qualquer série.
Gosto muito de trabalhar com a brincadeira "Atenção, concentração". Como o próprio nome diz, esta brincadeira desenvolve a atenção e a concentração e também permite às crianças desenvolverem noções de classificação.

A música é assim:

"ATENÇÃO, CONCENTRAÇÃO
VAI HAVER REVOLUÇÃO
SE VOCÊ NÃO ME DISSER
O NOME DE ..........................."

Aí você coloca o que quiser "O nome de uma mulher", "O nome de um homem", "O nome de uma fruta", "O nome de uma cidade", etc... Existem muitas opções.
A partir daí, você vai falando os nomes.
Por exemplo, se for nome de fruta, vai ficar assim:

"ATENÇÃO, CONCENTRAÇÃO
VAI HAVER REVOLUÇÃO
SE VOCÊ NÃO ME DISSER
O NOME DE UMA FRUTA:
MAMÃO
MELANCIA
BANANA
ABACAXI
GOIABA
PIRULITO..."

Para cada nome que você falar, as crianças têm que bater duas palmas - por isso, é preciso que elas prestem bastante atenção para não bater palmas para uma palavra que não faça parte do grupo que você está falando.
É bem divertido!

Uma variação é escolher uma criança para fazer as próximas vezes.

Brava Cursos Online com certificado.