quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Recursos visuais - A pesca milagrosa

Ideias retiradas do blog da EBI


















Recurso visual - A ovelha perdida.

Ideia de recurso visual encontrado no blog da EBI

Materiais:

- duas partes de eva cortada em formato de luvas,
- Algodão
- cola, 
- ovelhinhas e um pastor de ovelhas
(faça uma ovelha diferente para representar a ovelha perdida)

Modo de fazer:

Monte a luva com as ovelhas iguais na frente junto 
com o pastor de ovelhas e no verso deixe a ovelha perdida



Cole todos, menos o pastor de ovelhas, ele fica fixado em um velcro, 
para que quando for passando a pregação, 
você possa tirar da frente e anexar no verso junto com a ovelha
perdida e assim falar o quanto o amor de Deus é precioso.


Essas podem ser as ovelhinhas






E essa pode ser a ovelhinha perdida





História bíblica: Pedro o pescador de gente.


Objetivo: Ensinar para as crianças que devemos
levar muitas pessoas à Casa de Deus.

Versículo para decorar
“Venham comigo, que eu ensinarei vocês a pescar gente.” 
(Mateus 4.19 – NTLH)

Referência bíblica: Mateus 4.18-20, Atos 3.1-10




Antes de começar a sua missão aqui neste mundo, Jesus escolheu homens para serem
seus discípulos. Sabem crianças, antes de seguirem a Jesus, estes homens tinham seus trabalhos
e viviam suas vidas com suas famílias. Pedro foi um dos escolhidos por Jesus. Ele e o seu irmão
André tinham uma empresa de pesca. Pedro era um ótimo pescador.
Aconteceu que certo dia Pedro e o irmão estavam pescando quando Jesus passou próximo
a eles e disse: “Venham comigo, que eu ensinarei vocês a pescar gente.” Sabem o que eles
fizeram? (espere a participação) Deixaram tudo para trás e seguiram a Jesus.
Pedro deve ter achado estranha a ideia de pescar homens. Vocês já viram alguém pescar
pessoas? (espere a participação) Quando Jesus falou em pescar gente, Ele estava falando em
ganhar almas para o Reino de Deus. Pedro e o irmão aceitaram aquele convite, deixaram tudo
para traz, e tornaram-se discípulos. Muitas pessoas foram abençoadas e salvas através deles.
Certo homem que havia nascido aleijado costumava ficar na porta do Templo pedindo
esmolas para as pessoas que passavam por ali. Diz a Bíblia que um dia Pedro e João foram orar
e viram o homem sentado na entrada do templo. Ele estendeu a mão para pedir dinheiro aos
discípulos. Pedro pediu que o homem olhasse para ele. Certamente, o aleijado pensou que
ganharia algo, pois não podia imaginar o que aconteceria em sua vida naquele momento.
Então, Pedro disse: “Não tenho nenhum dinheiro, mas o que tenho eu lhe dou: pelo poder
do Nome de Jesus Cristo, de Nazaré, levante-se e ande”. Amiguinhos, muito forte! Depois de
ter dito aquelas palavras, Pedro estendeu as mãos ao aleijado, que logo se levantou. Ele passou
a andar e entrou no templo pulando, dando saltos de alegria, agradecendo a Deus por aquele
grande milagre. As pessoas que estavam naquele lugar olhavam e perguntavam umas para as
outras: “É este o mendigo, o aleijado, que pedia dinheiro na porta do templo?”


Sugestão de lembrancinha






Visuais e atividades








História Bíblica: Mateus o cobrador que seguiu Jesus.

 Mateus o cobrador que seguiu Jesus 

Objetivo: Ensinar para as crianças que devemos servir a Deus de todo 
o coração e dar bom exemplo para as pessoas.

Versículo para Memorização é:
“... quem serve sirva com a força que Deus dá. 
Façam assim para que em tudo Deus seja louvado...”
(1 Pedro 4.11 - NTLH)


Mateus era funcionário do governo de Roma. Ele trabalhava em uma coletoria, pois era
um cobrador de impostos. Coletoria era um escritório onde as pessoas pagavam seus impostos.
Sabem, amiguinhos, muitos cobradores de impostos aproveitavam para cobrar a mais para as
pessoas, pois ficavam com o dinheiro que sobrava. Que atitude errada, não é mesmo? Por isso, muitas
pessoas não gostavam dos cobradores de impostos.
Um dia, Jesus passou próximo à coletoria, Mateus estava trabalhando, quando Jesus olhou
para ele e disse: “Segue-me”. E Mateus abandonou a coletoria e seguiu a Jesus. Assim como Mateus,
todos os dias muitas pessoas passam a seguir a Jesus. Pois entregam suas vidas para Ele e decidem
fazer somente o que O agrada.
Antes de seguir a Jesus, Mateus não era querido pelas pessoas por causa de sua profissão,
mas depois tudo mudou. Ele tornou-se discípulo, passou a ajudar a muitos salvando, libertando
e curando os doentes em Nome de Jesus. Mateus foi usado por Deus para escrever o Evangelho
de Mateus, um importante livro da Bíblia, no qual contou tudo o que o Senhor Jesus realizou aqui neste mundo. De fato, quando aceitou o convite de Jesus, Mateus tornou-se uma nova pessoa,
completamente modificada e estava disposto a seguir e a servir a Deus.
Mateus não ganhava nada pra ser um discípulo. Porém, só a alegria de estar juntinho de
Jesus e poder ajudar aos sofridos já era suficiente. Ele tinha o poder de Deus em sua vida. Que
maravilha, não é mesmo?
Nos dias de hoje, muitos filhos e filhas de Deus agem como Mateus: largam tudo para tornarem-
se servos de Deus. Muitos pastores e esposas fazem isso, vocês sabiam? (espere a participação)
Estes ensinam a Palavra de Deus e sua grande alegria é ganhar almas para Deus.
Mateus foi muito usado por Deus, e Jesus também deseja usar cada um de nós. Quantas
pessoas você conhece que estão longe da Casa de Deus, não é mesmo? Quando era cobrador de
impostos, Mateus era mal visto pelos vizinhos e pessoas que iam pagar os impostos para ele, mas
depois que se tornou discípulo, tudo mudou. Que legal! Jesus escolhe aquelas pessoas que são
rejeitadas e as torna suas servas.

Visuais






História bíblica - Estevão o discípulo cheio de fé

Estevão, o discípulo cheio de fé

Objetivo:
Ensinar para as crianças que devemos usar a fé para ganhar almas.

Texto bíblico: Atos 6 e 7

O versículo para memorização é:
A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos. 
Por isso, peçam ao dono da plantação
que mande trabalhadores ...”
(Lucas 10.2 - NTLH)

Depois da morte e ressurreição de Jesus, o Espírito Santo foi derramado sobre os discípulos,
que passaram a evangelizar e falavam sobre tudo o que havia acontecido. Muitas pessoas
começaram a aceitar Jesus como seu Salvador, e com isso a igreja foi crescendo mais e mais. 
O trabalho dos discípulos também aumentou. Para ajudá-los com tantos serviços, eles resolveram
fazer uma eleição e escolher sete ajudantes.
Os escolhidos não poderiam ser qualquer pessoa. Deveriam ser de confiança e inteligentes,
se comportar muito bem e ser cheios do Espírito Santo. Eles seriam responsáveis por cuidar das
viúvas, das necessidades do templo e dos discípulos. Assim, os discípulos poderiam continuar
pregando a Palavra de Deus sem nenhuma preocupação.
Quando foram escolhidos os sete ajudantes, os discípulos oraram por eles e os abençoaram.
Um destes escolhidos foi um homem chamado Estevão. Estevão era exatamente como os
discípulos estavam procurando. Ele tinha muita fé e era muito usado por Deus.
Crianças, depois de ser escolhido e ter a oportunidade de ajudar os discípulos, Estevão passou
por uma situação muito difícil, pois o mal não queria que ele servisse a Deus e usou algumas pessoas
para tentar prejudicá-lo. Alguns religiosos começaram a discutir com Estevão. Sabe, turma? Aqueles
homens queriam um motivo para acusar Estevão, mas como não tinham, pagaram algumas pessoas
para mentir e falar mal de Estevão. As mentiras foram tantas, a ponto de Estevão ser levado para o
tribunal e ser julgado. Mas ele se manteve fiel a Deus e não teve medo. Mesmo ali, continuou falando
de Jesus com muita fé. Amiguinhos, os religiosos ficaram com muito ódio, muito ódio mesmo, e
levaram Estevão para fora da cidade e começaram a jogar muitas pedras nele.
Estevão, naquele momento, não fez nada. Poderia ter reagido, porém, em vez disso, se
ajoelhou e pediu a Deus que perdoasse a atitude daqueles homens e que recebesse suas almas no
Céu. Estevão mostrou que era um servo de Deus de verdade. Existem muitos servos de Deus que
são como Estevão: cheios de fé, amam a Deus acima de tudo e, mesmo nos momentos difíceis,
não desistem; continuam fiéis.


Visuais e atividades













E pra ajudar mais ainda, olha eles aí...
Os Desenhos Pintadinhos!

Brava Cursos Online com certificado.