Siga meu blog :)

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Estudo Bíblico para crianças - A parábola das dez virgens

Parábola: As Dez Virgens 


Propósito

Incentivar todas as crianças a prepararem-se espiritualmente para a segunda vinda de Jesus Cristo.

Preparação

1. 

Em espírito de oração, estude Mateus 25:1–13 e Doutrina e Convênios 45:56–57, 63:53–54. Depois, estude a lição e decida como deseja ensinar a história das escrituras às crianças. (Ver “Preparação das Aulas”, p. vi, e “Ensinar Usando as Escrituras”, p. vii.)
2. 

Escolha as perguntas do debate e as atividades complementares que envolvam as crianças e melhor as ajudem a alcançar o propósito da aula.
3. 

Material necessário:

a. 

Uma Bíblia ou um Novo Testamento para cada criança.
b. 

Cartazes com os dizeres:


As dez virgens = Os membros da Igreja


Azeite = Preparação espiritual


O Noivo = Jesus Cristo


As bodas = Segunda Vinda de Jesus
c. 

Gravura 7–25: A Segunda Vinda [Pacote de Gravuras do Evangelho (34730 059) – 238]

Sugestões para o Desenvolvimento da Lição

Convide uma criança para fazer a primeira oração.

Atividade Motivadora

Peça às crianças que finjam que a classe vai viajar.

• O que temos de fazer para nos prepararmos para a viagem?

• O que devemos levar?

Diga: “Vamos viajar e levaremos _____________”, diga o nome do que levarão. Peça que uma criança repita a frase incluindo o que você disse que levariam e acrescente outra coisa. Continue, pedindo que as crianças digam todas as coisas citadas anteriormente e acrescentem uma. Dê a cada criança a oportunidade de participar uma vez ou mais, dependendo do tamanho de sua turma. Sempre que necessário, ajude a citar as coisas a serem levadas.

Saliente que a preparação é parte importante de muitas coisas na vida.

• Citem algumas coisas para as quais podemos preparar-nos, além de viajar.

Discuta brevemente como nos preparamos para a escola, para uma refeição, para a noite familiar, etc. Diga às crianças que nesta lição aprenderão como podem se preparar espiritualmente para uma coisa maravilhosa que acontecerá no futuro.

História das Escrituras

Ensine a parábola das dez virgens às crianças. (Mateus 25:1–13) (Para sugestões de como ensinar as histórias das escrituras, ver “Ensinar Usando as Escrituras”, p. vii.) Diga às crianças que Jesus sempre ensinava por meio de parábolas, utilizando objetos e situações comuns para ensinar uma verdade espiritual oculta. Ele utilizava as parábolas para que apenas quem estivesse disposto a estudá-las compreendesse a verdade. (Ver Mateus 13:10–17.) Ajude as crianças a compreenderem que essa parábola compara a segunda vinda de Jesus Cristo, que é quando o Salvador voltará à Terra para governar durante o milênio, a um casamento.

Diga que a parábola das dez virgens baseia-se em antigas tradições matrimoniais judaicas. O noivo e seus amigos acompanhavam a noiva da casa dela até a casa do noivo. Os amigos da noiva esperavam ao longo do caminho para juntarem-se a eles. Quando chegavam à casa do noivo, todos entravam para o casamento. Os casamentos costumavam ser feitos à noite, por isso as pessoas que esperavam a noiva e o noivo levavam lamparinas.

Debate

Ao preparar a aula, estude as seguintes perguntas e referências de escritura. Utilize as perguntas que mais ajudem as crianças a entender as escrituras e aplicar os princípios em sua vida. Ler as passagens de escritura indicadas durante a aula ajudará as crianças a passarem a compreender as escrituras.

• Quem as dez virgens simbolizam? (Mateus 25:1) Quem o noivo simboliza? (Jesus Cristo)

• Como sabemos que todas as dez virgens acreditavam em Jesus Cristo? (Mateus 25:6–7. Elas “saíram ao encontro” do noivo e esperaram por ele.) Como demonstramos que acreditamos em Jesus?

• Por que cinco das virgens são chamadas de loucas? (Mateus 25:3) Por que cinco foram chamadas de prudentes? (Mateus 25:4)

• O que aconteceu quando o noivo chegou? (Mateus 25:6-8) Em sua opinião, por que as virgens loucas estavam tão despreparadas? Em sua opinião, como podemos estar preparados quando Jesus voltar?

• Em sua opinião, por que as cinco virgens prudentes não deram do azeite que tinham? (Mateus 25:9) Por que elas não poderiam dar um pouco do azeite para as outras? Diga que as lamparinas judaicas tinham um formato, com a borda exterior virada para dentro, que tornava quase impossível passar o azeite de uma lamparina para outra. (Ver a ilustração no final da lição.) Na parábola, o azeite da lamparina das virgens prudentes representa sua obediência e retidão. Cada um de nós enche a própria lamparina, que representa nossa vida, com a obediência e a retidão. As bênçãos que o Pai Celestial nos dá por nossos atos dignos não podem ser dadas a pessoas desobedientes.

• O que aconteceu às cinco que não estavam preparadas? (Mateus 25:10–12) O que aconteceu às cinco que estavam preparadas? Por que é importante que nós nos preparemos para a Segunda Vinda? Como podemos encher nossa lamparina de azeite?

Leia esta citação do Élder Bruce R. McConkie: “Preparamo-nos individualmente para encontrarmo-nos com Deus guardando Seus mandamentos e vivendo Suas leis. (…) O evangelho em sua plenitude eterna, conforme restaurado nestes últimos dias, está aqui para preparar um povo para a segunda vinda do Filho do Homem”. (The Millennial Messiah (O Messias Milenar), p. 572.)

Peça às crianças que leiam Mateus 24:36 e 25:13. Explique-lhes que assim como as dez virgens não sabiam a hora exata em que o noivo chegaria, não sabemos quando, exatamente, Jesus retornará.

• Como tudo vai ser quando Jesus voltar? (Doutrina e Convênios 45:56–57; 63:53–54) Que bênçãos estão reservadas para quem estiver preparado espiritualmente? (D&C 38:30)

Sugere-se que você faça a atividade complementar 2 como revisão desta lição.

Atividades Complementares

Você pode usar uma ou mais das atividades abaixo, em qualquer momento da aula, ou como recapitulação, resumo ou desafio.

1. 

Discuta brevemente estas informações para familiarizar as crianças com a segunda vinda de Jesus Cristo:


Quando Jesus deixou os Apóstolos em Jerusalém, anjos disseram-lhes que Ele voltaria uma segunda vez. (Atos 1:9–11)


Somente o Pai Celestial sabe quando será a segunda vinda. (Mateus 24:36)


Jesus virá com poder e glória e reinará na Terra por mil anos. (D&C 29:11)


Precisamos preparar-nos para a segunda vinda de Cristo. (D&C 33:17–18)


Os justos que estiverem preparados para a segunda vinda de Jesus estarão com Ele nesse grande dia e habitarão na presença do Pai Celestial e de Jesus para sempre. (D&C 76:62–63)

Dê uma cópia do desenho da lâmpada que está no final da lição a cada criança, ou então desenhe uma lâmpada no quadro. Peça às crianças que escrevam no desenho coisas que encherão a lâmpada espiritual delas de azeite, ou que citem essas coisas para você escrever no quadro. (Algumas das idéias podem ser: prestar o testemunho, aprender o evangelho, servir ao próximo, pagar o dízimo, viver de modo a ser digno da companhia do Espírito Santo, orar, cumprir com os cargos da Igreja, etc.) Ajude-as a perceberem que essas coisas elas têm de alcançar ou fazer por si mesmas para ter azeite espiritual na lâmpada, como as cinco virgens prudentes.

Compare o que as crianças escreveram na própria lâmpada com as idéias que o Presidente Spencer W. Kimball deu: “Na vida, o azeite da preparação é juntado gota a gota no viver reto. A freqüência à reunião sacramental acrescenta azeite à nossa lâmpada, gota a gota com o passar dos anos. O jejum, a oração familiar, o ensino familiar, o controle dos apetites do corpo, a pregação do evangelho, o estudo das escrituras, cada ato de dedicação e obediência é uma gota a mais em nossa reserva. Os atos de bondade, pagar as ofertas e o dízimo, os pensamentos e ações castos, o casamento no convênio para a eternidade: também são um acréscimo importante ao azeite com o qual, à meia-noite, poderemos recarregar nossa lâmpada vazia”. (Faith Precedes the Miracle, p. 256.)

Discuta maneiras que as crianças ainda não tenham mencionado de acrescentarmos azeite a nossa lâmpada. Deixe que elas acrescentem algumas à própria lista se desejarem. Ajude as crianças a compreenderem que essas coisas não podem ser deixadas de lado até que o Salvador venha.
3. 

Leia a seguinte citação do Presidente Spencer W. Kimball: “As dez virgens pertenciam ao reino e tinham todo o direito às bênçãos — contudo cinco delas não foram valentes e não estavam prontas quando o grande dia chegou. Estavam despreparadas porque não viviam todos os mandamentos. Ficaram amargamente desapontadas por serem excluídas das bodas — como acontecerá com os [membros] que, em nossos dias, [não estiverem preparados].” (O Milagre do Perdão, p. 19.)
4. 

Cante ou leia “Quando Jesus Voltar”. (Músicas para Crianças, p. 46.) Depois de cantar, peça às crianças que imaginem como seria ouvir Jesus dizer-lhes: “Fizeste bem menino bom, em Meus braços ficarás”.

Conclusão

Testemunho

Preste testemunho da importância de prepararmo-nos para a segunda vinda de Jesus Cristo vivendo retamente. Diga às crianças o quanto você considera importante ser digno de tomar parte nesse importante acontecimento.

Designação de Leitura Sugerida

Sugira às crianças que estudem, em casa, Mateus 25:1–13 para recapitularem a lição.

Convide uma criança para fazer a última oração


Atividades e Desenhos































Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quadrinhos Bíblicos


Clique nos links:

A criação do mundo
O dilúvio

A história de Abraão
Uma mentirinha inofensiva
O rapto de Ló
Abraão socorre Ló
Abraão pega um atalho
Os três viajantes
Deus e seu amigo Abraão
Nasce Isaque!
Hagar e Ismael não ficam desamparados
Abraão obedece a Deus
Um servo fiel
O encontro com Raquel
Sete anos por amor
Enganado no casamento
Jacó fica rico
Fuga de Padã-Arã
Raquel morre
Os sonhos de José
A vingança dos irmãos de José
O bebê Moisés
Um bebê tirado do rio
Um plano para Moisés
Um lar no deserto
Um arbusto que não se queima
Moisés e a sarça ardente
Vou estar sempre com você
Uma vara se torna uma cobra
Mais tijolos!
Um rio de sangue
Rãs imundas
Animais mortos e feridos
A Teimosia de faraó
Pedras caindo do céu
Os dez mandamentos
Espiões em Jericó
A jumenta que falou
Bençãos ditadas por Deus
Israel cai na armadilha
Retorno a Horebe
A morte de um amigo de Deus
A força de Sansão
O homem mais forte
Rute
Um exército de 300 homens
Gideão, a prova
Saul consulta a Pitonisa
Davi contra Golias
Davi conquista sião
Davi destrói os amalequitas
Vitórias de Davi
Davi rei de judá
A Sabedoria de Salomão
A cura de Ezequias
Jonas e o grande peixe
A viúva de Sarepta
Daniel e os leões
O Filho de Deus
O anuncio do seu nascimento
Viagem a belém
Anjos anunciam o nascimento de Jesus
Os magos do oriente
A fuga para o Egito
O nascimento de Jesus
A infância de Jesus
Festa em jerusalém
Onde está Jesus?
Na casa do Meu Pai
O carpinteiro de Nazaré
O mundo nos tempos de Jesus
Mensageiro do deserto
O batismo de Jesus
Jejum no deserto
Tentado pela fome
Casamento em Caná
A verdadeira felicidade
Curado e perdoado
Jesus e a filha de Jairo
A mulher estrangeira
A mulher cananéia
Encontro junto ao poço
Jesus e Nicodemos
Andando sobre as águas
A ovelha perdida
A moeda perdida
O próximo
Os dez leprosos
Jesus e as crianças
A entrada triunfal
Os trabalhadores maus
Jesus e Zaqueu
Jesus e a mulher samaritana
Jesus e a mulher pecadora
Lazaro vive
O filho prodigo
Jesus purifica o templo
O lava-pés
Para que se lembrem de mim
No jardim do Jetsêmani
A traição de Judas
Pedro nega Jesus
Jesus ou Barrabás
O sacrifício de Cristo
Os dois ladrões
A ressurreição de Cristo
Por que você esta chorando
Não tenham medo!
Quantos peixes!
A caminho de Emaús
Até breve
Pedro esta aqui!
Ele está vivo!
Dorcas
Estamos aqui!

Divirta-se com o bebezinho :)